Esse é seu canal, com dicas para ganhar dinheiro, montar um negócio, cursos, marketing Digital, SEO, notícias do mercado, e conteúdos para fazer você empreendedor alavancar seus negócios.

DINHEIRO: Rendimento maior e diário torna Tesouro mais atrativo que poupança




Tesouro Selic virou porta de entrada dos poupadoresPixabay


O Tesouro Direto segue como principal opção para os investidores que desejam abandonar a poupança em busca de um rendimento melhor sem correr riscos.

A migração tradicional e porta de entrada aos poupadores que ingressam nos títulos públicos é o Tesouro Selic, que apresenta uma liquidez diária e isenta os investidores da perda de dinheiro caso precisem retirar os recursos antes do vencimento.

Caso realize uma aplicação de R$ 1.000 para ser resgatada em 12 meses, o investidor da poupança acumularia R$ 1.045,50 (+ R$ 45,50), segundo o simulador da corretora Easynvest. No mesmo período, a aposta no Tesouro Selic somaria R$ 1.050,25 (+ R$ 50,25) com a manutenção da taxa básica de juros no atual patamar de 6,5% ao ano.


Ao classificar o Tesouro como a melhor opção aos investidores, o educador financeiro e assessor de investimentos da Turn Wise, Ruan Marins Nogueira, avalia que a aplicação na poupança "já começa perdendo".

Cadastro de investidores no Tesouro cresce 56% em um ano


A afirmação leva em conta o rendimento da aplicação firmada em 70% da taxa básica de juros, Selic, sempre que a taxa figurar abaixo dos 8,5% ao ano. Como atualmente a Selic aparece cotada a 6,5% ao ano, a remuneração da poupança é de 0,5% ao ano + TR (Taxa Referencial).

Nem mesmo a cobrança da alíquota de Imposto de Renda conforme o período de investimento torna a rentabilidade do Tesouro em risco ante à poupança.

Investimento a partir de R$ 30: descubra como é possível

“Apesar de você ter a isenção do Imposto de Renda na poupança, ela rende apenas no aniversário, a cada 30 dias”, destaca Fabio Macedo, diretor comercial da Easynvest.


Rendimento diário


Nogueira explica ainda que a poupança só rende em data de aniversário, o que também impacta na vantagem do Tesouro. "É necessário esperar 30 dias para o dinheiro tenha uma certa rentabilidade. Já o Tesouro, tem uma rentabilidade diária", afirma o educador financeiro.

"A pessoa que aplica R$ 1.000 na poupança no dia 1º e precisa do recurso no dia 15, ela não vai obter o recurso desse período. Ela vai resgatar o valor aplicado e só vai passar a ser beneficiária de um rendimento a partir do dia 1º do mês seguinte”, diz Macedo.

Caixa anuncia taxa zero para investimento no Tesouro Direto

Macedo ainda destaca que a rentabilidade diária faz com que o Tesouro Selic seja utilizado por quem não sabe o momento exato no qual vai precisar sacar os recursos. “Você consegue solicitar resgate em dois cliques”, garante ele.

Outros títulos

Além do Tesouro Selic, os investidores que migrarem para o Tesouro Direto podem optar pelos títulos prefixados ou indexados à inflação. "No programa do Tesouro, você pode fazer uma diversificação de carteira, alternativa que não é possível na poupança", avalia o diretor comercial da Easynvest.

Para Nogueira, é importante apenas saber os objetivos desejados com o dinheiro aplicado. "Antes da pessoa escolher um investimento do Tesouro, ela tem que se atentar aos objetivos dela. Se for no curto prazo, o melhor seria o Tesouro Selic, que tem uma liquidez diária. [...] Se for um longo prazo, o ideal mesmo é o Tesouro IPCA. A pessoa não precisa se preocupar se a inflação está baixa ou disparando", alerta.


Share:

INVESTIMENTOS: Volkswagen vai investir 44 mil milhões em nova mobilidade e condução autônoma



A construtora alemã Volkswagen vai investir 44 mil milhões de euros nos próximos cinco anos, até 2023, em condução elétrica e autónoma, serviços de mobilidade e digitalização de veículos e fábricas, noticia a agência ”Reuters”.


A empresa indicou que esse montante representa cerca de um terço do investimento total que a empresa fará para o período entre 2019 e 2023.

O CEO da Volkswagen, Herbert Diess, revelou à Reuters Alemanha que a intenção da estratégia do grupo é acelerar o caminho para a inovação e sublinhou que estão a concentrar investimentos em campos futuros, como a mobilidade.

A empresa também disse que está a trabalhar para localizar o seu rácio de investimento de capital e pesquisa e desenvolvimento na figura “competitiva” de 6% em 2020, com uma meta de cash flow de 10 milhões de euros para 2020, com um impacto da crise do diesel ainda entre 2019 e 2020.

Diess afirmou que espera ter um acordo básico sobre a cooperação com a Ford, até o final do ano, com o foco inicial em veículos comerciais. Acrescentou que uma fusão com a Ford não estava na agenda e também que não havia planos de assumir uma participação na empresa americana.

Share:

5 formas de treinar a força de vendas para a Black Friday

O interesse pela data no Brasil cresceu 27% nos últimos dois anos
 Black Friday brasil facin informática

São Paulo, 8 de novembro de 2018 - De origem norte-americana, a Black Friday abre a temporada de compras para o Natal com promoções significativas. No Brasil, o evento acontece desde 2010 com a participação de 50 empresas do varejo nacional. Em 2013, bateu o recorde de faturamento no país ao atingir um valor de R$ 770 milhões apenas no comércio online. Nos últimos dois anos o interesse pelo período cresceu em 27%.
Diante desse cenário, a missão das empresas é a de se preparar para a oportunidade de aumento das vendas. “Aumentar os estoques, flexibilizar as vias de pagamento e organizar a loja estão entre as preocupações das companhias para a data. E, sim, todas essas são atividades importantes. Mas a área de Recursos Humanos não pode deixar de lado o treinamento da força de vendas. Afinal, os vendedores precisam estar preparados para obter sucesso ao lidarem com os possíveis desafios que surgem em meio a um grande fluxo de clientes. É necessário atenção redobrada porque esta pode ser uma excelente oportunidade para fidelizar novos consumidores”, afirma Flora Alves, Chief Learning Officer da SG - Aprendizagem Corporativa.
Pensando em contribuir com o desempenho dos vendedores na Black Friday que ocorre em 23 de novembro de 2018, Flora, que é especialista em desenvolvimento de competências, listou cinco dicas para treinar a força de vendas durante esta época.
Conscientize. Aprender é um hábito que deve estar presente no cotidiano do vendedor, pois o mercado é volátil e novos conhecimentos nunca são demais na busca pelo sucesso em vendas. Contudo, os profissionais tendem a entrar em uma zona de conforto. Por isso, é fundamental abrir a mente dos funcionários para a capacitação por meio da conscientização. A partir de ações de desenvolvimento de competências eles estarão mais aptos a compreender as verdadeiras necessidades dos clientes.
Planeje-se. Para que o atendimento funcione de maneira assertiva e natural é imprescindível planejar uma campanha de vendas alinhada aos canais externos (redes sociais) e internos da marca (departamentos envolvidos no evento). Nesta etapa, o ideal é construir o planejamento em parceria com os vendedores. Ao estarem envolvidos no processo de criação de metas e decisões estratégicas eles se sentem incluídos e engajados no propósito da Black Friday. Esse envolvimento também garante que os profissionais estejam a par da linguagem de vendas utilizada neste período.
Reforce. Infelizmente, confusão costuma ser sinônimo de Black Friday nas lojas. Por esta razão, é preciso reforçar os procedimentos internos de atendimento e a estrutura organizacional para que os funcionários não se percam com a correria e mantenham a qualidade dos serviços.
Converse. Reserve ao menos 15 minutos da jornada de trabalho dos vendedores para promover uma roda de conversa entre a equipe. A iniciativa tem o objetivo de trocar experiências a fim de que um profissional apoie o outro nos pontos fortes e nas fraquezas. Por exemplo, quem tem facilidade em negociações pode dar sugestões para aquele que não desenvolveu tanto o lado negociador, mas sabe manusear muito bem o caixa e também pode contribuir com o colega.
Divirta-se. A Black Friday é um evento que causa pressão nos vendedores pelo fluxo de demandas e responsabilidade nas vendas. Então, que tal testar os conhecimentos dos profissionais adquiridos no treinamento de um jeito divertido? O gamification é um ótimo caminho. Os jogos orientados incentivam a participação do time em atividades com foco no aprimoramento das habilidades.
Para mais informações, acesse: http://www.learningsg.com/.
Conexus | Content, PR & Social Media
Share:

Inovações gastronômicas para o mercado dos pets

imagem reprodução

Empresas apostam em biscoitos, sorvetes, cervejas e, também, em tecnologias especiais para agradar donos e bichinhos

 Um mercado que vem chamando a atenção das empresas é o dos bichinhos de estimação, os famosos “pets”. Só no Brasil, são mais de 50 milhões de cães e 22 milhões de gatos de estimação, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, segundo a estimativa do Instituto Pet Brasil, mais de 25 bilhões circularam nesse nicho de mercado, um crescimento de 7% em relação a 2016.


Os números comprovam que o setor é uma ótima opção para os empreendedores. São infinitas as opções no mercado, desde as mais simples até as mais tecnológicas. O professor de empreendedorismo, inovação e sustentabilidade do ISAE – Escola de Negócios, Rafael de Tarso, explica que um dos grandes diferenciais do mercado de nicho é a sua diferenciação. “O número de pessoas com pets aumentou de forma significativa, o que acontece é que antes não tinha uma indústria muito forte voltada para customização, que tivesse alguns produtos com baixo valor agregado, inicialmente uma coleira ou um serviço de pet era muito tradicional. Agora, as indústrias perceberam que tem como agregar valor nesse nicho, tendo uma rentabilidade amor”, enfatiza Rafael.


Em Curitiba (PR), um exemplo dessa efervescência e inovação do mercado é a hamburgueria artesanal WhataFuck, que lançou, em conjunto com a Moabe Natural Pet, um inédito biscoito de hambúrguer. O produto foi pensado para os bichinhos dos clientes que frequentam o lugar não passar vontade quando veem seus donos comendo os suculentos burguers artesanais preparados pela casa. O petisco é feito 100% com ingredientes naturais, livre de conservantes e com delicioso aroma e gosto de, claro, hambúrguer. “Não existe nada mais democrático do que a rua. Há mais de três anos atuando neste espaço tão popular, aprendemos que precisamos sempre inovar para atender a demanda do nosso público. Nos últimos meses, notamos um crescimento considerável do número de cachorros passeando com seus donos em nossas unidades, e foi aí que surgiu a ideia de oferecer um produto saboroso para eles. Além disso, anualmente promovemos uma feira de adoção de animais, realizada no mês de novembro, sendo um incentivo ainda maior para essa ideia. Procuramos um parceiro que trabalha com muita excelência e chegamos em um preparo exclusivo, bem gostoso e, principalmente, saudável”, comenta Daniel Mocellin, sócio da rede WhataFuck.


De Vassouras, no Rio de Janeiro, saiu a Dog Beer, a primeira cerveja para animais de estimação. Criada por Lucas Marque Bueno, é na verdade um petisco liquido, não alcoólico, feito à base de água, mate e extrato de carne ou frango, sem nenhuma substância que possa prejudicar os animais e está à venda em todos os pet shops do país. Hoje existe até sorvete para cães e gatos, como o Ice Pet. Quem desenvolveu a receita foi a empresa APF, e ela não possui açúcar, lactose ou gordura. São vários sabores chocolate, morango, banana, atum e bacon.


Outra inovação foi da startup PlayPet, que lançou um comedouro inteligente que funciona conectado sem fio a rede wi-fi, tem capacidade para 3 kg de ração e permite as pessoas alimentem seus bichinhos via aplicativo. O alimento é liberado de acordo com os horários pré-programados no aplicativo, mas você pode liberar o alimento quando quiser, apertando o botão de liberação de ração dentro do aplicativo, disponível nos sistemas Android e iOS.


“O segredo para crescer é achar o seu público-alvo, se perguntar: eu quero um público que vá pagar barato? Um serviço básico? Ou um público que vá paga um pouco mais? Em linhas gerais quando a gente fala de nicho, com todos os processos de digitalização que existem, é mais fácil você conhecer o seu consumidor. Nesse sentido, você identifica o que ele quer e oferece algo que ele realmente precisa”, finaliza o Tarso.


E-books10.com.br
Erika Lemes
P+G Comunicação Integrada

Publicidade
 Promoção é na Brasil facin informática

Share:

Black Friday 2018 deve movimentar R$ 2,8 bi no comércio eletrônico do Brasil

Especialista apresenta dicas para o consumidor não se tornar vítima de golpes ao aproveitar as ofertas


A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima que a Black Friday 2018 movimentará R$ 2,87 bilhões no comércio on-line brasileiro, apenas nos dias 22 e 23 de novembro. Esse montante representaria um crescimento de 16% em relação aos dados apresentados pelo setor no mesmo evento em 2017.

Diante deste dado, a Black Friday continua sua consolidação como a segunda principal data para o varejo nacional, ficando atrás apenas do Natal. No total, a expectativa é que as lojas virtuais brasileiras recebam mais de 8,8 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 326. As categorias mais buscadas devem ser Informática, Celulares, Eletrônicos, Moda e Acessórios e Casa e Decoração.

Publicidade
 Black Friday é na Brasil facin



No entanto, é importante ficar atento para não cair em ciladas. “Como inúmeras práticas são aplicadas por grandes varejistas, essa data acaba sendo uma isca para os consumidores impulsionados pelo clima gerado pela mídia que permeia o assunto”, explica o coordenador dos cursos de Marketing e Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter, Achiles Júnior.
O especialista listou dicas valiosas para quem quer aproveitar as ofertas:

1) Planejamento - É fundamental o planejamento das compras, bem como refletir sobre a real necessidade de aquisição do bem pretendido, uma vez que 90% das compras são frutos de causas emocionais.

2) Veracidade - Vale chamar atenção para as famosas Fake News que estão em evidência no momento. Outro detalhe é verificar o selo de credibilidade de site seguro no momento da compra virtual e, se for o caso, certificar-se que a loja virtual tem endereço físico e um canal de relacionamento com o consumidor. Outra recomendação é acessar o site do Procon (Departamento Estadual de Proteção ao Consumidor), do seu Estado, para verificar a “lista negra” de sites a serem visitados, além de checar se há reclamações existentes no site do Procon nacional www.consumidor.gov.br

3) Pesquisa - Uma breve busca em sites e aplicativos de comparação de preços é suficiente para saber se o valor do produto a ser adquirido está de acordo com a data. Porém, vale ficar atento aos detalhes em casos de produtos relacionados à tecnologia. Neste caso, ter conhecimento sobre o bem pretendido pode ser crucial nesse momento.

4) Cartão virtual - O cartão virtual é mais seguro que o cartão físico, por impedir a atuação de crime no ambiente da internet. É a mesma razão pela qual você deve evitar andar com dinheiro no bolso.
 5) Celular ou notebook? - Em ambos, se houver conexão com a internet, praticamente existe o mesmo risco. Marcas como Apple, no entanto, disponibilizam dispositivos de segurança que conseguem neutralizar as más intenções de golpistas. Afinal, o cuidado maior está no manuseio desses equipamentos. Dica: tenha cuidado com senhas fáceis e que fiquem gravadas ao utilizar redes públicas de wi-fi.

6) Bom senso – Para um consumo seguro e consciente, o bom-senso é fundamental. Tenha cuidado com utilização de dados e redobre a atenção ao orçamento familiar.


Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba – PR, já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com mais de 700 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.


 Otimização para loja virtual

Share:

Postagens mais visitadas

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Se Escreva gratuitamente

Pautas e divulgação

contato falecomebooks10@gmail.com
Whatsapp 81 98737-5012

Contato

falecomebooks10@gmail.com

Marketplaces: cinco erros comuns que podem prejudicar as vendas

E-commerce, Marketplace, negócios online mercado de marketplaces segue a todo o vapor. De acordo com um  estudo realizado pela Precific...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Recent Posts

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Theme Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.