Esse é seu canal, com dicas para ganhar dinheiro, montar um negócio, cursos, marketing Digital, SEO, notícias do mercado, e conteúdos para fazer você empreendedor alavancar seus negócios.

Governo muda forma de lojista antecipar dinheiro de vendas no cartão

E-comerce, negócios, pagamentos, tecnologia, notícias


A equipe econômica tomou uma medida que deve aquecer o comércio a partir do ano que vem porque melhora o fluxo de caixa das empresas. O governo resolveu tirar a trava que existe quando um lojista tenta antecipar numa instituição financeira o dinheiro que ainda receberá das vendas que fez no cartão de crédito. Com a mudança, o comerciante poderá adiantar tudo o que já foi vendido na função crédito e não apenas parte disso, como ocorre atualmente. A mudança é uma transição para a liberação total desse mercado que deve ser feita no ano que vem.


Hoje, quando um lojista quer recursos, pede dinheiro ao banco ou à empresa dona da maquinha do cartão de crédito, entrega os recebíveis (comprovantes das vendas já feitas) como garantia e recebe os valores com desconto dos juros do tempo entre o repasse feito pela instituição e a data em que o dinheiro cairia na conta da empresa. No entanto, se precisar de recursos novamente, não pode fazer uma nova operação mesmo se tiver vendido muito mais. É que toda a agenda dos pagamentos dos clientes fica bloqueada até o empresário quitar o primeiro empréstimo. Ou seja, se já tem R$ 1.000 para receber e pegou um empréstimo de R$ 100, não pode adiantar os outros R$ 900. Só depois de acertar a primeira dívida.

A partir de 31 de janeiro, o lojista poderá usar os novos recebíveis para antecipar todo o dinheiro que já tem para receber. Isso dá um impulso para o comércio porque pode aumentar e muito o capital de giro das empresas.

- A medida visa a aumentar a eficiência e competição porque tira a trava que tem hoje e dá maior empoderamento ao lojista - falou o diretor de Regulação do Banco Central, Otavio Damaso, ressaltando que isso também dará mais poder às credenciadoras.


Fonte: O Globo

Veja mais notícias Aqui
Share:

Você sabe a importância do arquivo morto para a sua empresa?

Quem já precisou, sabe essa resposta. Confira dicas de como organizá-lo!
No geral, alguns equipamentos e documentos dentro de uma empresa acabam virando arquivo morto e ficam um pouco de lado por não terem uso diário na vida útil dos que cuidam da administração do negócio.
É muito comum que estes papéis e materiais ocupem espaço dentro das empresas, e muitas vezes sem o armazenamento apropriado. Papel, você sabe, não foi feito para durar para sempre. Ou seja, sem o cuidado necessário, se deteriora ainda mais rápido que se esperava.
Imagine, então, que sua empresa está sendo acusada de algo, um crime fiscal, por exemplo. O que poderia ajudá-lo a resolver essa situação? Documentos, é para isso que eles servem. E, se esses documentos estiverem destruídos?
E agora, como provar a inocência da sua empresa, se for o caso? Me parece meio impossível sem provas táteis das transações e toda a atividade pregressa feita no seu negócio. Esse é só pedaço mínimo da importância de se guardar toda e qualquer documentação da sua empresa.
Mas, afinal, o que é arquivo morto?
O arquivo morto nada mais é do que a memória da sua empresa. Em outra linguagem, pode-se dizer que são aqueles arquivos que já não possuem valor primário na sua empresa, ou seja, não são mais necessários para a execução de tarefas no cotidiano.
Arquivo morto é o conjunto de documentos que devem ser guardados por longos períodos, por exemplo, documentos fiscais e contábeis, que precisam ficar armazenados de 10 a 15 anos. Ou até um termo de rescisão, por exemplo, que após sua realização serve apenas para provar que foi feito.
Uma vez que são documentações não mais utilizadas, mas com devidos valores legais, podem ser chamados de arquivos mortos. Dentro da arquivologia, no entanto, esse tipo de arquivo é chamado de arquivo inativo.
Além da defesa judicial que já citamos, uma vez guardados, esses documentos podem também comprovar situações internamente, servir de consulta de informações para prestação de contas ou até para a continuação de atividades.
Dicas de como organizá-los
Por mais que sejam importantes, esses arquivos não precisam ficar ocupando espaço dentro da sua empresa. Tenha em mente que este espaço é sagrado para o desenvolvimento do seu patrimônio.
Por que ocupar salas com papéis, se você pode ocupá-las com pessoas ou até equipamentos? Depende muito do que você pensa como evolução para o seu negócio. A questão é, existem soluções mais inteligentes para isso, como a terceirização.
Confira abaixo os cuidados necessários para organizar um arquivo morto (ou inativo), e comece a avaliar se uma empresa terceira faria isso melhor do que você:
  • Os seus arquivos precisam ser bem cuidados, como já falamos anteriormente, eles precisam durar muitos anos, e isso só vai acontecer se forem armazenados sob condições especiais para isso. Eles devem ficar livres de poeira, umidade, temperatura elevada, alagamentos, entre outros.

  • Não adianta de nada ter o arquivo original e não o armazenar também digitalmente, isso eleva o seu nível de organização e ainda torna mais fácil reunir de maneira sistemática os arquivos físicos. Você pode localizá-los digitalmente antes de ter o papel em mãos.


  • Manter uma gestão da documentação bem atualizada. Não é porque o arquivo é morto que ele deve ser esquecido. Muito pelo contrário. Um arquivo morto com uma boa gestão deve ser conhecido a fundo.

  • Você deve ter total controle de tudo o que tem ali, de maneira acessível, e sempre atualizada. Só dessa forma ele vai ter alguma serventia, já que a ideia de o manter é justamente fazer com que ele seja sempre um tipo de consulta quando necessário.
Viu como não é tão simples assim? Você ainda pode querer fazer tudo isso sozinho, na sua empresa, com os seus funcionários, ou pode contratar um self storage.
Na verdade, o processo é bem simples. É só calcular o tamanho do box que você vai precisar, escolher ele, guardar suas coisas e trancar. A chave fica com você, que tem acesso a tudo a hora que precisar.
Dá para guardar seus documentos de maneira segura, longe de problemas como umidade e infestações. Você ainda não precisa ter um limite de tempo para o aluguel de boxes, ou seja, pode encerrar a sua locação a qualquer momento.

Procure saber um pouco mais sobre o assunto e escolha o que for melhor para a sua empresa!

Share:

NEGÓCIOS ONLINE: Como o crescimento do e-commerce afeta o mercado brasileiro


Falamos muito sobre crise nesse ano de 2018, muitas mudanças aconteceram na economia e afetaram em cheio o mercado brasileiro. Mas o crescimento do e-commerce trouxe muitas mudanças para quem é empreendedor.

Por isso produzimos esse texto para te mostrar como o comercio eletrônico afetou o mercado brasileiro. Você que tem loja virtual ou ainda está em fase final de implantação da sua, precisa ler esse texto e saber das principais notícias sobre o e-commerce brasileiro.

Por isso continue a leitura e aplique os insights no seu negócio!

O momento atual do e-commerce brasileiro


Apesar da crise econômica no país, o e-commerce continua crescendo quando comparado aos outros anos. Em 2018, mais de 75 mil sites de vendas online foram abertos, desde maio de 2017, isso anima os lojistas e revela um período de maturação no mercado.

Com amplo crescimento desde 2014, a expansão de 12% em 2018, manteve a tendência de criação de empresas nos demais setores. As 675 mil lojas ativas online atualmente, contra 600 mil existentes em 2017, são responsáveis por 5,63% dos sites brasileiros.

A diminuição dos pequenos e-commerces, em comparação ao médios e grandes se destaca. Em compensação, esses pequenos sites representam 82% do comercio eletrônico no Brasil, em 2017 eram 97%.

Mas essa diminuição não significa um retrocesso, já que o numero está totalmente atrelado a melhora de investimentos em pequenos sites, que passaram para médio porte, conquistando mais acessos, disponibilizando mais produtos e aumentando o faturamento.

Em contrapartida, a quantidade de e-commerces de grande porte aumentou, elas representavam 7,53%, agora são 9,99% das lojas.

Outro ótimo número foi o de lojas que comercializam produtos abaixo de R$100. O número subiu 8,87% em 2018, chegando a 84% das lojas.

O e-commerce via dispositivos móveis


Um dos pontos mais marcantes no crescimento do e-commerce, é o constante aumento de compras feitas pelo celular. Isso não é nenhuma novidade, já que desde de 2014 os números já indicavam que as compras por celular passariam as pelo desktop em poucos anos.

A mudança de comportamento dos usuários, refletiu diretamente nas vendas, em 2016, o número de vendas por celular era de apenas 30%, nesse ano já se passa de 50%.

Outro forte sinal que que o e-commerce mobile vem afetando o mercado brasileiro, é a aproximação do ticket médio em relação as compras feitas por computador.

Em 2017, o ticket médio das compras feitas por smartphone eram de R$200,19, enquanto o ticket médio das compras em desktop era de R$258,77. Com certeza no fim de 2018, esses valores estarão bem mais próximos.

Um fator para o ticket médio por mobile ainda ser menor que por desktop, é a questão da confiança. Por mais que o brasileiro já esteja acostumado a comprar pela internet, a compra pelo celular ainda é um fator novo, que está em fase de adaptação.

Um consumidor com hábitos de consumo mais conservadores, ainda busca por fotos melhores e mais detalhes na hora de efetuar a compra, por isso a busca por uma tela maior.

Outro ponto, é que o consumidor ainda está experimentando esse tipo de consumo e as primeiras experiencias são feitas com produtos mais baratos, pois oferece menos risco. A reversão disso acontecerá em pouco tempo, segundo especialistas.

Com esse perfil de consumidor, surgiu uma nova tendência de fabricação de smartphones, com telas cada vez maiores e mais sofisticados. Com o tempo, é possível que mesmo o cliente mais conservador, opte por fazer suas compras pelo celular e não mais pelo desktop.

Redes Sociais como fator de decisão para compra

As redes sociais estão entre os canais de atendimento preferidos dos consumidores. Mas isso não é por acaso, com a evolução dos smartphones, as redes sociais ganharam bastante espaço, assim, com um grande acesso, os lojistas aproveitam e exploram esses canais de divulgação.

Entre as redes sociais mais famosas, as que exploram mais as imagens ganham destaque, como o Instagram e o Pinterest. Elas são usadas estrategicamente para atrair o consumidor até o site e finalizar a venda.

Diante desse novo cenário, voce que possui ou pensa em ter uma loja virtual, deve estar atento a essa nova tendência e adaptar o seu atendimento.

Principais mudanças do e-commerce no mercado brasileiro


O crescimento do e-commerce afetou o mercado brasileiro em diversos pontos, principalmente no trafego por smartphones, como foi falado anteriormente, mas a mudança foi bem além.

Marketplaces

Os ótimos números do e-commerce no Brasil estão totalmente ligados aos marketplaces, que são canais de vendas que divulgam lojas menores, a partir de uma comissão. É uma ótima porta de entrada para o pequeno empreendedor.

35% de todas as vendas são realizadas através de um marketplace, ou seja, não apenas os iniciantes no mercado estão faturando por lá, lojas já estabelecidas no mercado ainda conseguem boas oportunidades.

Google

O grande buscador mundial domina completamente o mercado brasileiro, cerca de 60% das transações online no país acontecem após a busca no Google. Por isso voce tem que trabalhar bem o SEO da sua loja para que sua marca esteja sempre muito bem posicionada no Google.

Taxa de conversão

No primeiro semestre de 2018 a taxa de conversão se manteve a média do ano passado, 1,4%. As maiores médicas ficam com o Distrito Federal, regiões Sul e Sudeste. Já no Norte, é a região com a menor taxa de conversão.

Um número interessante são as compras à vista, elas são 74% de todas as vendas. Além disso, 30% dos pedidos foram feitos por ter frete grátis. Esse dado chama a atenção pois é uma ótima estratégia para aumentar as vendas.

Voce pôde perceber que o e-commerce está cada vez crescendo mais, os números não mentem. Se voce é uma pessoa que sempre pensou em empreender na internet, a hora é agora.

O mercado brasileiro ainda tem muito potencial para crescer e com novas tecnologias, rapidamente ele vai acumular ainda mais dinheiro. Esse conteúdo ajuda também as pessoas que possuem lojas virtuais, conhece alguém? Marque-o nos comentários.

Autor / Fonte: Assessoria
Share:

DINHEIRO: Rendimento maior e diário torna Tesouro mais atrativo que poupança




Tesouro Selic virou porta de entrada dos poupadoresPixabay


O Tesouro Direto segue como principal opção para os investidores que desejam abandonar a poupança em busca de um rendimento melhor sem correr riscos.

A migração tradicional e porta de entrada aos poupadores que ingressam nos títulos públicos é o Tesouro Selic, que apresenta uma liquidez diária e isenta os investidores da perda de dinheiro caso precisem retirar os recursos antes do vencimento.

Caso realize uma aplicação de R$ 1.000 para ser resgatada em 12 meses, o investidor da poupança acumularia R$ 1.045,50 (+ R$ 45,50), segundo o simulador da corretora Easynvest. No mesmo período, a aposta no Tesouro Selic somaria R$ 1.050,25 (+ R$ 50,25) com a manutenção da taxa básica de juros no atual patamar de 6,5% ao ano.


Ao classificar o Tesouro como a melhor opção aos investidores, o educador financeiro e assessor de investimentos da Turn Wise, Ruan Marins Nogueira, avalia que a aplicação na poupança "já começa perdendo".

Cadastro de investidores no Tesouro cresce 56% em um ano


A afirmação leva em conta o rendimento da aplicação firmada em 70% da taxa básica de juros, Selic, sempre que a taxa figurar abaixo dos 8,5% ao ano. Como atualmente a Selic aparece cotada a 6,5% ao ano, a remuneração da poupança é de 0,5% ao ano + TR (Taxa Referencial).

Nem mesmo a cobrança da alíquota de Imposto de Renda conforme o período de investimento torna a rentabilidade do Tesouro em risco ante à poupança.

Investimento a partir de R$ 30: descubra como é possível

“Apesar de você ter a isenção do Imposto de Renda na poupança, ela rende apenas no aniversário, a cada 30 dias”, destaca Fabio Macedo, diretor comercial da Easynvest.


Rendimento diário


Nogueira explica ainda que a poupança só rende em data de aniversário, o que também impacta na vantagem do Tesouro. "É necessário esperar 30 dias para o dinheiro tenha uma certa rentabilidade. Já o Tesouro, tem uma rentabilidade diária", afirma o educador financeiro.

"A pessoa que aplica R$ 1.000 na poupança no dia 1º e precisa do recurso no dia 15, ela não vai obter o recurso desse período. Ela vai resgatar o valor aplicado e só vai passar a ser beneficiária de um rendimento a partir do dia 1º do mês seguinte”, diz Macedo.

Caixa anuncia taxa zero para investimento no Tesouro Direto

Macedo ainda destaca que a rentabilidade diária faz com que o Tesouro Selic seja utilizado por quem não sabe o momento exato no qual vai precisar sacar os recursos. “Você consegue solicitar resgate em dois cliques”, garante ele.

Outros títulos

Além do Tesouro Selic, os investidores que migrarem para o Tesouro Direto podem optar pelos títulos prefixados ou indexados à inflação. "No programa do Tesouro, você pode fazer uma diversificação de carteira, alternativa que não é possível na poupança", avalia o diretor comercial da Easynvest.

Para Nogueira, é importante apenas saber os objetivos desejados com o dinheiro aplicado. "Antes da pessoa escolher um investimento do Tesouro, ela tem que se atentar aos objetivos dela. Se for no curto prazo, o melhor seria o Tesouro Selic, que tem uma liquidez diária. [...] Se for um longo prazo, o ideal mesmo é o Tesouro IPCA. A pessoa não precisa se preocupar se a inflação está baixa ou disparando", alerta.


Share:

INVESTIMENTOS: Volkswagen vai investir 44 mil milhões em nova mobilidade e condução autônoma



A construtora alemã Volkswagen vai investir 44 mil milhões de euros nos próximos cinco anos, até 2023, em condução elétrica e autónoma, serviços de mobilidade e digitalização de veículos e fábricas, noticia a agência ”Reuters”.


A empresa indicou que esse montante representa cerca de um terço do investimento total que a empresa fará para o período entre 2019 e 2023.

O CEO da Volkswagen, Herbert Diess, revelou à Reuters Alemanha que a intenção da estratégia do grupo é acelerar o caminho para a inovação e sublinhou que estão a concentrar investimentos em campos futuros, como a mobilidade.

A empresa também disse que está a trabalhar para localizar o seu rácio de investimento de capital e pesquisa e desenvolvimento na figura “competitiva” de 6% em 2020, com uma meta de cash flow de 10 milhões de euros para 2020, com um impacto da crise do diesel ainda entre 2019 e 2020.

Diess afirmou que espera ter um acordo básico sobre a cooperação com a Ford, até o final do ano, com o foco inicial em veículos comerciais. Acrescentou que uma fusão com a Ford não estava na agenda e também que não havia planos de assumir uma participação na empresa americana.

Share:

5 formas de treinar a força de vendas para a Black Friday

O interesse pela data no Brasil cresceu 27% nos últimos dois anos
 Black Friday brasil facin informática

São Paulo, 8 de novembro de 2018 - De origem norte-americana, a Black Friday abre a temporada de compras para o Natal com promoções significativas. No Brasil, o evento acontece desde 2010 com a participação de 50 empresas do varejo nacional. Em 2013, bateu o recorde de faturamento no país ao atingir um valor de R$ 770 milhões apenas no comércio online. Nos últimos dois anos o interesse pelo período cresceu em 27%.
Diante desse cenário, a missão das empresas é a de se preparar para a oportunidade de aumento das vendas. “Aumentar os estoques, flexibilizar as vias de pagamento e organizar a loja estão entre as preocupações das companhias para a data. E, sim, todas essas são atividades importantes. Mas a área de Recursos Humanos não pode deixar de lado o treinamento da força de vendas. Afinal, os vendedores precisam estar preparados para obter sucesso ao lidarem com os possíveis desafios que surgem em meio a um grande fluxo de clientes. É necessário atenção redobrada porque esta pode ser uma excelente oportunidade para fidelizar novos consumidores”, afirma Flora Alves, Chief Learning Officer da SG - Aprendizagem Corporativa.
Pensando em contribuir com o desempenho dos vendedores na Black Friday que ocorre em 23 de novembro de 2018, Flora, que é especialista em desenvolvimento de competências, listou cinco dicas para treinar a força de vendas durante esta época.
Conscientize. Aprender é um hábito que deve estar presente no cotidiano do vendedor, pois o mercado é volátil e novos conhecimentos nunca são demais na busca pelo sucesso em vendas. Contudo, os profissionais tendem a entrar em uma zona de conforto. Por isso, é fundamental abrir a mente dos funcionários para a capacitação por meio da conscientização. A partir de ações de desenvolvimento de competências eles estarão mais aptos a compreender as verdadeiras necessidades dos clientes.
Planeje-se. Para que o atendimento funcione de maneira assertiva e natural é imprescindível planejar uma campanha de vendas alinhada aos canais externos (redes sociais) e internos da marca (departamentos envolvidos no evento). Nesta etapa, o ideal é construir o planejamento em parceria com os vendedores. Ao estarem envolvidos no processo de criação de metas e decisões estratégicas eles se sentem incluídos e engajados no propósito da Black Friday. Esse envolvimento também garante que os profissionais estejam a par da linguagem de vendas utilizada neste período.
Reforce. Infelizmente, confusão costuma ser sinônimo de Black Friday nas lojas. Por esta razão, é preciso reforçar os procedimentos internos de atendimento e a estrutura organizacional para que os funcionários não se percam com a correria e mantenham a qualidade dos serviços.
Converse. Reserve ao menos 15 minutos da jornada de trabalho dos vendedores para promover uma roda de conversa entre a equipe. A iniciativa tem o objetivo de trocar experiências a fim de que um profissional apoie o outro nos pontos fortes e nas fraquezas. Por exemplo, quem tem facilidade em negociações pode dar sugestões para aquele que não desenvolveu tanto o lado negociador, mas sabe manusear muito bem o caixa e também pode contribuir com o colega.
Divirta-se. A Black Friday é um evento que causa pressão nos vendedores pelo fluxo de demandas e responsabilidade nas vendas. Então, que tal testar os conhecimentos dos profissionais adquiridos no treinamento de um jeito divertido? O gamification é um ótimo caminho. Os jogos orientados incentivam a participação do time em atividades com foco no aprimoramento das habilidades.
Para mais informações, acesse: http://www.learningsg.com/.
Conexus | Content, PR & Social Media
Share:

Inovações gastronômicas para o mercado dos pets

imagem reprodução

Empresas apostam em biscoitos, sorvetes, cervejas e, também, em tecnologias especiais para agradar donos e bichinhos

 Um mercado que vem chamando a atenção das empresas é o dos bichinhos de estimação, os famosos “pets”. Só no Brasil, são mais de 50 milhões de cães e 22 milhões de gatos de estimação, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, segundo a estimativa do Instituto Pet Brasil, mais de 25 bilhões circularam nesse nicho de mercado, um crescimento de 7% em relação a 2016.


Os números comprovam que o setor é uma ótima opção para os empreendedores. São infinitas as opções no mercado, desde as mais simples até as mais tecnológicas. O professor de empreendedorismo, inovação e sustentabilidade do ISAE – Escola de Negócios, Rafael de Tarso, explica que um dos grandes diferenciais do mercado de nicho é a sua diferenciação. “O número de pessoas com pets aumentou de forma significativa, o que acontece é que antes não tinha uma indústria muito forte voltada para customização, que tivesse alguns produtos com baixo valor agregado, inicialmente uma coleira ou um serviço de pet era muito tradicional. Agora, as indústrias perceberam que tem como agregar valor nesse nicho, tendo uma rentabilidade amor”, enfatiza Rafael.


Em Curitiba (PR), um exemplo dessa efervescência e inovação do mercado é a hamburgueria artesanal WhataFuck, que lançou, em conjunto com a Moabe Natural Pet, um inédito biscoito de hambúrguer. O produto foi pensado para os bichinhos dos clientes que frequentam o lugar não passar vontade quando veem seus donos comendo os suculentos burguers artesanais preparados pela casa. O petisco é feito 100% com ingredientes naturais, livre de conservantes e com delicioso aroma e gosto de, claro, hambúrguer. “Não existe nada mais democrático do que a rua. Há mais de três anos atuando neste espaço tão popular, aprendemos que precisamos sempre inovar para atender a demanda do nosso público. Nos últimos meses, notamos um crescimento considerável do número de cachorros passeando com seus donos em nossas unidades, e foi aí que surgiu a ideia de oferecer um produto saboroso para eles. Além disso, anualmente promovemos uma feira de adoção de animais, realizada no mês de novembro, sendo um incentivo ainda maior para essa ideia. Procuramos um parceiro que trabalha com muita excelência e chegamos em um preparo exclusivo, bem gostoso e, principalmente, saudável”, comenta Daniel Mocellin, sócio da rede WhataFuck.


De Vassouras, no Rio de Janeiro, saiu a Dog Beer, a primeira cerveja para animais de estimação. Criada por Lucas Marque Bueno, é na verdade um petisco liquido, não alcoólico, feito à base de água, mate e extrato de carne ou frango, sem nenhuma substância que possa prejudicar os animais e está à venda em todos os pet shops do país. Hoje existe até sorvete para cães e gatos, como o Ice Pet. Quem desenvolveu a receita foi a empresa APF, e ela não possui açúcar, lactose ou gordura. São vários sabores chocolate, morango, banana, atum e bacon.


Outra inovação foi da startup PlayPet, que lançou um comedouro inteligente que funciona conectado sem fio a rede wi-fi, tem capacidade para 3 kg de ração e permite as pessoas alimentem seus bichinhos via aplicativo. O alimento é liberado de acordo com os horários pré-programados no aplicativo, mas você pode liberar o alimento quando quiser, apertando o botão de liberação de ração dentro do aplicativo, disponível nos sistemas Android e iOS.


“O segredo para crescer é achar o seu público-alvo, se perguntar: eu quero um público que vá pagar barato? Um serviço básico? Ou um público que vá paga um pouco mais? Em linhas gerais quando a gente fala de nicho, com todos os processos de digitalização que existem, é mais fácil você conhecer o seu consumidor. Nesse sentido, você identifica o que ele quer e oferece algo que ele realmente precisa”, finaliza o Tarso.


E-books10.com.br
Erika Lemes
P+G Comunicação Integrada

Publicidade
 Promoção é na Brasil facin informática

Share:

Black Friday 2018 deve movimentar R$ 2,8 bi no comércio eletrônico do Brasil

Especialista apresenta dicas para o consumidor não se tornar vítima de golpes ao aproveitar as ofertas


A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) estima que a Black Friday 2018 movimentará R$ 2,87 bilhões no comércio on-line brasileiro, apenas nos dias 22 e 23 de novembro. Esse montante representaria um crescimento de 16% em relação aos dados apresentados pelo setor no mesmo evento em 2017.

Diante deste dado, a Black Friday continua sua consolidação como a segunda principal data para o varejo nacional, ficando atrás apenas do Natal. No total, a expectativa é que as lojas virtuais brasileiras recebam mais de 8,8 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 326. As categorias mais buscadas devem ser Informática, Celulares, Eletrônicos, Moda e Acessórios e Casa e Decoração.

Publicidade
 Black Friday é na Brasil facin



No entanto, é importante ficar atento para não cair em ciladas. “Como inúmeras práticas são aplicadas por grandes varejistas, essa data acaba sendo uma isca para os consumidores impulsionados pelo clima gerado pela mídia que permeia o assunto”, explica o coordenador dos cursos de Marketing e Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter, Achiles Júnior.
O especialista listou dicas valiosas para quem quer aproveitar as ofertas:

1) Planejamento - É fundamental o planejamento das compras, bem como refletir sobre a real necessidade de aquisição do bem pretendido, uma vez que 90% das compras são frutos de causas emocionais.

2) Veracidade - Vale chamar atenção para as famosas Fake News que estão em evidência no momento. Outro detalhe é verificar o selo de credibilidade de site seguro no momento da compra virtual e, se for o caso, certificar-se que a loja virtual tem endereço físico e um canal de relacionamento com o consumidor. Outra recomendação é acessar o site do Procon (Departamento Estadual de Proteção ao Consumidor), do seu Estado, para verificar a “lista negra” de sites a serem visitados, além de checar se há reclamações existentes no site do Procon nacional www.consumidor.gov.br

3) Pesquisa - Uma breve busca em sites e aplicativos de comparação de preços é suficiente para saber se o valor do produto a ser adquirido está de acordo com a data. Porém, vale ficar atento aos detalhes em casos de produtos relacionados à tecnologia. Neste caso, ter conhecimento sobre o bem pretendido pode ser crucial nesse momento.

4) Cartão virtual - O cartão virtual é mais seguro que o cartão físico, por impedir a atuação de crime no ambiente da internet. É a mesma razão pela qual você deve evitar andar com dinheiro no bolso.
 5) Celular ou notebook? - Em ambos, se houver conexão com a internet, praticamente existe o mesmo risco. Marcas como Apple, no entanto, disponibilizam dispositivos de segurança que conseguem neutralizar as más intenções de golpistas. Afinal, o cuidado maior está no manuseio desses equipamentos. Dica: tenha cuidado com senhas fáceis e que fiquem gravadas ao utilizar redes públicas de wi-fi.

6) Bom senso – Para um consumo seguro e consciente, o bom-senso é fundamental. Tenha cuidado com utilização de dados e redobre a atenção ao orçamento familiar.


Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba – PR, já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com mais de 700 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.


 Otimização para loja virtual

Share:

DINHEIRO; Aprenda a lidar com as dívidas

imagem reprodução Segs

O dinheiro é essencial em nossas vidas, isso é obvio, mas quando a coisa começa apertar, o que devemos fazer?

Se você chegou nessa situação, significa que você estava pensando no presente, e não poupou.

Sempre quando falamos em poupar, muitas vezes as pessoas dizem que ganham pouco, e não sobra dinheiro para poupar. Mas eu digo que isso é conversa de quem não quer poupar, porque quando uma pessoa quer reservar uma parte de tudo que ganha, ela consegue sobreviver sem muitos problemas, porque quem vive com R$:900,00 pode viver com R$:800,00, e se não dá procure uma renda extra ao invés de ficar acomodado com os R$:900,00. (que por sinal é uma miséria).

Outra coisa, se não fez poupança, vai ter que ter paciência, e autocontrole, porque entrar em parafuso só vai piorar as coisas. Compartilhe o problema com sua família, não tente resolver tudo sozinho, e fingir que está tudo bem, porque isso não vai dar certo.

Não troque uma dívida por outra


Cuidado com empréstimos com juros muitos altos, se for parcelar suas dívidas para 24 ou 36 meses, para as parcelas ficarem pequenas, você pode atrair mais dividas como novas compras, e mais para frente vai se enrolar novamente. 

Share:

Aprenda a planejar os seus gastos e sair do vermelho ainda em 2018

Portal E-Books10
Dicas, economia, dinheiro, finança

Coloque estas 7 atitudes em prática e melhore consideravelmente a sua saúde financeira

Fechando o mês no vermelho? Você não está sozinho. Todos os meses, milhares de brasileiros, assim como você, estão lutando para conseguir se organizar. No meio desse caminho, muita gente já até desistiu por achar que mesmo num cenário complicado não vão chegar lá.

Saiba que tudo é uma questão de planejamento, não é hora de se desesperar ou desistir, e sim de encarar os fatos na realidade, lidar com as consequências e começar a agir. O que você precisa fazer? ter organização e uma noção básica de educação financeira.

Calma, não precisa ser um expert em assuntos financeiros, apenas saber pra onde vai o seu dinheiro, como fazer para que ele renda mais, o que fazer para não desperdiçá-lo. Fácil, não é? Na verdade, pouco a pouco qualquer um pode fazer esse planejamento.

Separamos algumas dicas a seguir para que você comece a traçar o seu planejamento, quem sabe ainda consegue terminar o seu ano com perspectivas muito melhores? Confira:

1 - Tenha a consciência do total valor das suas dívidas

O primeiro passo tem tudo a ver com o que você deve fazer quando vai começar o seu planejamento. Como está a sua real situação financeira, você sabe? Ter consciência sobre as duas dívidas faz com que você consiga traçar estratégias para poder chegar no lugar que você quer.

Use o computador, um caderno, o que te fizer ficar mais confortável. Anote tudo o que você tem de dívidas. Atualize-se junto aos credores em relação ao juros, para saber quanto realmente deve, e o principal de todos: não se intimide com o valor. Planejar vai te ajudar!

Junto disso, faça ainda um levantamento do seu orçamento familiar mensal, quanto você ganha, de quantas fontes, e quanto disso você gasta com as suas despesas. Quanto sobra? Essas informações são essenciais para se organizar.

 
2 - Renegocie as dívidas e priorize as mais altas

Entre em contato e negocie tudo o que conseguir. Geralmente, na negociação de dívidas, você tem duas opções: pagar à vista com desconto (que pode ser bem alto) ou então à prazo, de um jeito que você consiga, de acordo com suas condições.

Se as suas dívidas são no cartão de crédito, por exemplo, é importante saber que é aí que estão algumas das cobranças de juros mais altas do mercado. Dê prioridade a elas na hora de negociar, assim você evita que uma dívida alta agora se transforme em uma gigante e impagável para as suas condições.

3 - Crie uma receita de emergência para quitar o máximo possível de débitos

Esse é um momento de frieza, é hora de se desfazer de alguns bens para conseguir se organizar. Pense que é algo momentâneo, assim que você organizar seu orçamento poderá ter as coisas que vender de volta.

Carros, joias, eletrônicos, itens de valor. Faça uma análise de tudo o que tem e que poderia se desfazer sem trazer mais gastos. Dessa forma você ganha um poder de fogo rápido para colocar em prática os itens anteriores, que te dizem para negociar as dívidas.

4 - Crie novas entradas de dinheiro

Se você está com dívidas, é porque em algum momento gastou mais do que recebia. Pagar as coisas à prazo sem restrições pode te fazer perder um pouco a noção da realidade. Mas, neste caminho de reorganização, que tal encontrar outras formas de ganhar dinheiro além do seu emprego principal?

Dependendo da profissão, é muito comum que as pessoas trabalhem ainda como freelancers. Mas se na sua profissão isso não é possível, ache um jeito de conseguir ganhar dinheiro de outras formas para complementar a sua renda.

Hoje em dia as opções são inúmeras, gente que trabalha como motorista do Uber depois que sai do emprego, passa a cozinhar doces e salgados para pronta-entrega, cuida de crianças nos finais de semana e tem até gente que abre mão de morar sozinho e aluga quartos em casa.

5 - Corte despesas desnecessárias e evite fazer novas dívidas

É importante lembrar que você está fazendo um esforço agora, e vai passar a viver de um jeito que talvez não seja o seu favorito em prol de uma vida financeira mais saudável. É isso o que vai fazer você chegar em um ponto que pode fazer o que quer sem se preocupar com as dívidas.

Tv a cabo, assinatura de revistas, planos de academia, saídas aos finais de semana, compras caras em supermercado. Tudo isso deve ser repensado por você, veja o que pode cortar, e nunca fique iludido com a melhora inicial, nada de fazer novas dívidas só porque as coisas estão melhorando.

 
6 - Tenha uma reserva para imprevistos

Esta dica é para quando o cenário começar a melhorar. Faça uma reserva do seu capital, nem que seja bem pouco no início. É importante que você nunca seja pego de maneira desprevenida quando algo acontecer.

Vá guardando para conseguir logo mais seguir o passo seguinte deste guia!

7 - Invista para render mais

Tem gente que acha que só com muito dinheiro é possível investir em previdência privada, ou que todos os cenários são arriscados. Esse é um pensamento do passado, investir é algo cada vez mais comum na vida de qualquer brasileiro.

Fonte: Ciclic

publicidade
 formula negocio online

Share:

Dicas para ganhar dinheiro com aplicativos de celular

Já pensou em ganhar uma grana usando apenas o celular? 

Sim é possível ganhar com aplicativos de celular.


Neste artigo vou te apresentar alguns apps que você pode tirar uma boa grana para ajudar no seu orçamento mensal.

O primeiro é o  Google Opinion Rewards

Esse aplicativo do Google paga para você responder pesquisas rápidas, que são enviadas pelo menos uma vez por semana. Você receberá uma notificação no seu celular quando uma pesquisa curta e relevante estiver disponível. Receba até R$3,00 em créditos do Google Play ao respondê-las. As perguntas variam de "Qual logotipo é melhor?" e "Qual promoção é mais atraente?" até "Quando você planeja viajar novamente?"

Por exemplo; Se estiver em um mercado, você pode receber perguntas para avaliar aquele negócio, ou se tiver em viagem pode avaliar outro lugar qualquer.

Com esse aplicativo, o saldo só pode ser usado nos serviços do Google, para comprar filmes, livros, Apps, e anúncios.

Para Baixar o App na Play Store acesse o link; Google Opinion Rewards.

O segundo é o Fronto

O fronto é um Aplicativo de desbloqueio de tela para SmartPhones, e cada vez que você desbloquear a tela, você verá um anúncio, com isso você ganhará pontos. Basicamente você não precisa fazer nada para ganhar os pontos, é só desbloquear a telado celular.
Como o App Fronto nos Paga?

Os pagamentos são feitos por Paypal ou vale-compras Submarino, Americanas ou Zattine. Valor mínimo para saque é de um dólar.

Fronto é um aplicativo super interessante que irá ajudá-lo a ganhar dinheiro para usar seu smartphone Android, como de costume. Você não precisa fazer nada que normalmente não faria.
Link para baixar; fronto

O terceiro é o Big Time

Big Time é um aplicativo disponível na Google play, no qual você pode ganhar dinheiro jogando jogos gratuitos.

Tudo o que você precisa fazer é jogar qualquer um de nossos jogos e coletar pelo menos um bilhete para entrar nos frequentes sorteios de prêmios em dinheiro. Quanto mais bilhetes você coletar, maiores as suas chances de ganhar o prêmio em dinheiro! Volte na hora do sorteio para ver se seu nome está no bilhete premiado!

É muito simples, a cada sorteio compartilhamos uma parte da nossa receita de propaganda com um ganhador sortudo. Quanto maior nossa base de usuários, mais dólares teremos para compartilhar. Não há nenhuma compra dentro do app e não precisa pagar nada para ganhar. Chamamos esse modelo de Grátis para ganhar e estamos muito orgulhosos dele, então baixe o Big Time e tenha uma chance de ganhar dinheiro grátis! Por que você jogaria qualquer outra coisa?

O que está esperando? Baixe o Big Time hoje para liberar mais jogos incríveis e maiores recompensas em dinheiro DE GRAÇA! Usando o Bit Time, qualquer um pode ganhar dinheiro simplesmente jogando jogos de graça em casa, no ônibus, no metrô, etc. EM QUALQUER LUGAR!

Big Time é sua chance de ganhar, vencer e receber dinheiro, grana, dólares, prêmios, sorteios e brindes!


Curso venda no OLX corretamente
 Aprenda vender no OLX

Imagine Técnicas de Negociação e Persuasão Aplicadas em Pessoas Desesperadas por Dinheiro lá na OLX...
BUM! Você Tem Uma Fonte de Renda Passiva! E é Isso Que Vou te Mostrar Agora.

Share:

Postagens mais visitadas

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Se Escreva gratuitamente

Pautas e divulgação

contato falecomebooks10@gmail.com
Whatsapp 81 98737-5012

Contato

falecomebooks10@gmail.com

Marketplaces: cinco erros comuns que podem prejudicar as vendas

E-commerce, Marketplace, negócios online mercado de marketplaces segue a todo o vapor. De acordo com um  estudo realizado pela Precific...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Recent Posts

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Theme Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.